Skip to content

Contabilidade para profissionais de saúde: tem diferença?

contabilidade para profissionais de saúde

Compartilhe nas redes!

A contabilidade para profissionais de saúde se diferencia por sua dedicação exclusiva aos aspectos legais, tributários e fiscais, próprios do segmento.

Dessa forma, a contabilidade para profissionais de saúde orienta sobre a melhor opção para exercer o ofício, mas com a menor oneração possível.

Então, se você é um profissional de saúde, leia este post até o final e entenda a importância da contabilidade para a sua área de atuação e para o bom desempenho do seu negócio. Aproveite.

Legalização da profissão

A legalização do negócio é uma das primeiras providências a ser tomada para o profissional de saúde iniciar seus atendimentos.

Para isso, além de ser necessário ter em mãos a credencial expedida pelo seu órgão de classe, também é preciso definir se vai trabalhar como pessoa física ou pessoa jurídica.

Nesse sentido, o auxílio do contador pode ajudar a identificar se a melhor escolha é ser:

  • Autônomo;
  • MEI;
  • Sociedade individual etc.

Isso com base na projeção de crescimento do patrimônio, previsão de receitas brutas, capital social a ser investido, dentre outros fatores.

Regime tributário

Outro diferencial que a contabilidade especializada para profissionais de saúde possui é a orientação do enquadramento tributário mais adequado.

Com isso, viabilizando ao profissional de saúde ter a menor carga tributária possível, mas sem sonegar impostos ou cometer práticas fiscais ilícitas.

Isso porque o contador acompanha diariamente a emissão de portarias, decretos e/ou leis aplicadas a este ramo de atividade, a fim de garantir a legalidade das operações.

Incentivos fiscais para a área da saúde

Como forma de incentivar a qualidade na promoção da saúde para a população brasileira, o governo tem dado vários incentivos fiscais para a classe.

Dentre eles podemos citar a dedução nas despesas operacionais de empresas que prestam serviços de assistência:

  • Médica;
  • Odontológica;
  • Farmacêutica;
  • Social.

Sendo este incentivo fiscal extensivo a todos os empregados e dirigentes. E o contador pode viabilizar todos esses benefícios, com base em sua expertise e conhecimento fiscal.

Planejamento tributário

O planejamento tributário também é um importante recurso contábil à disposição dos profissionais de saúde, cuja principal proposta é reduzir os impostos.

Isso porque a legislação tributária no Brasil é altamente complexa, inclusive para quem atua na área, contudo, nela também existem dispositivos legais que podem favorecer o contribuinte.

Para isso, é imprescindível acompanhar, mês a mês, o valor das receitas brutas, a fim de evitar:

  • O desenquadramento tributário desnecessário;
  • Prejuízos financeiros com pagamento de multas decorrentes de obrigações principais e acessórias não enviadas no prazo certo;
  • Pagamentos indevidos e/ou a maior de impostos, taxas e contribuições, em virtude do desconhecimento da lei tributária vigente, ou por descuido e erro de cálculos etc.

Além disso, o planejamento tributário também auxilia no aproveitamento dos créditos tributários e dos incentivos fiscais.

Conclusão

Como visto, a contabilidade para profissionais de saúde tem muito a contribuir para uma gestão eficaz e para garantir maior lucratividade no negócio.

Dessa forma, a empresa e/ou profissional de saúde pode investir tempo e recursos para a melhoria constante na prestação dos seus serviços.

Além disso, os pacientes também são beneficiados, uma vez que poderão acessar serviços de saúde mais baratos e de qualidade.

Aproveite você também os benefícios da contabilidade para profissionais de saúde e garanta sua longevidade no mercado. É só clicar aqui e nós te explicamos como fazer isso.

A Líder Serviços Contábeis está à disposição para melhor ajudar você. Conte conosco.

Classifique nosso post

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Veja também

Posts Relacionados

Recomendado só para você
Para muitos, a abertura de empresa se resume em conseguir…
Quer trocar de contador?