Blog

MEI - Como ficou a aposentadoria depois da Reforma da Previdência?

por Líder Serviços Contábeis em 08/02/2021

No artigo de hoje iremos esclarecer alguns pontos da aposentadoria do MEI segundo a Reforma da Previdência.

Quanto ganha o MEI ao se aposentar?

Todos os meses o MEI contribui por meio do DAS, que tem por base o salário mínimo e por isso o valor que o MEI passa a ganhar com a aposentadoria é um salário mínimo.

Porém, nem todo MEI recebe apenas um salário mínimo, como os casos de MEIs que exerce serviço autônomo e que consegue contribuir mensalmente com um valor maior, consegue obter aumento no valor da aposentadoria.

 

Como é feito o cálculo de MEI Autônomo

Veja conforme o exemplo:

A dona Maria queria obter aposentadoria com o salário de R $2.000,00, logo ela precisaria contribuir com 20% desse valor, então o valor seria de R$400 todos os meses.

Logo, ela deverá contribuir para o DAS mais os 20% de autônomo.

 

Código de recolhimento para o Microempreendedor

O código 1910 visa pagar a complementação de 15% do INSS, o objetivo é para que o valor contribuído pelo MEI possa ser válido como tempo de contribuição.

Qual o valor da contribuição MEI?

O valor de 5% é descontado com base no salário mínimo e o MEI tem o direito de solicitar sua aposentadoria unicamente por idade.

Se por ventura o MEI queira que o tempo seja contado como tempo de contribuição, então o valor de contribuição deve ser de 20%, sendo pago 5% pelo DAS e mais 15 % pela complementar.

E para os contribuintes que já estão pagando?

Neste caso, a Reforma estabelece 15 anos tanto para homens quanto para mulheres e 20 anos para homens que começarem a contribuir depois da reforma, já o tempo mínimo das mulheres ´continua em 15 anos.

 

MEI, conte com a Líder Serviços Contábeis para te auxiliar em tudo o que precisar.

Usamos cookies para aprimorar sua experiência em nosso site. Política de Privacidade.