Blog

Previdência Privada (PGBL) - Reduza seu IR


por Líder Serviços Contábeis em 05/12/2018

O contribuinte que pretende usar aplicações em previdência complementar ou doações para obter benefícios tributários na declaração do IR (Imposto de Renda) de 2019 referente a 2018 deve ficar atento ao calendário.
Sendo assim, as aplicações, para dedução ainda este ano, devem ser feitas até o dia 30/12/18 ou até o último dia de expediente bancário deste mês de dezembro 2018.
É necessário informar os valores pagos durante o ano no quadro Relação de Pagamentos e Doações Efetuados, para ter direito à dedução. 
Quem faz a declaração de previdência privada no imposto de renda no modelo completo pode abater até 12% da renda bruta anual. Por exemplo, se uma pessoa tem uma renda anual de 60 mil e aplica em poupança, a base para o cálculo para o IR será os 60 mil. Contudo, se a renda dessa pessoa é de 60 mil e em vez de investir em poupança, ela tem um investimento de R$7.200 em um plano PGBL, a base de cálculo para o imposto de renda será de R$ 52.600. Lembrando que as aplicações em VGBL não dão direito à dedução do imposto, portanto a dedução desse investimento só vale para quem faz a declaração completa.