Blog

As principais vantagens da #ContabilidadeDigital.


por Líder Serviços Contábeis em 18/09/2018

Neste artigo vamos abordar as principais vantagens de aderir a Contabilidade Digital.

O que é #ContabilidadeDigital ?

No decorrer dos anos, a contabilidade vem sendo transformada pela tecnologia da informação. A contabilidade digital surgiu no Brasil em 2015, com o objetivo de melhorar a eficiência dos serviços, utilizando de plataformas online como um meio para o contador realizar suas tarefas, aperfeiçoando e acelerando os processos contábeis e principalmente a geração de informações para a tomada de decisões dos empresários .

 

Quais são os benefícios ao adquirir esse tipo de serviço?

Para saber quais são os benefícios em adquirir a #ContabilidadeDigital, a LíderSC reuniu algumas vantagens que tem feito muitas empresas optarem pelo serviço:

#1 Agilidade do Serviço

A contabilidade digital torna o trabalho mais ágil, com pouco serviço manual e uma quantidade reduzida de papéis, possibilitando que se produza mais em menos tempo e diminuindo a chance de erros. è possível inclusive entrar um ainda seleto rol de empresas que são classificadas em “Empresas Zero Paper”.

 

#2 Transparência

Com o uso da plataforma, o empreendedor tenha acesso às informações de cada movimentação realizada pelo contador. Também auxilia na verificação de quais taxas, tributos, impostos e etc precisam ser pagos e para onde está indo o dinheiro da sua empresa.

 

#3 Mais mobilidade

A contabilidade digital facilita o acesso a relatórios, faturas, entre outro documentos em tempo real, pois as informações ficam salvas em nuvens virtuais, tornando o acesso mais simples e organizado.

 

#4 Redução de custo

Além de ser muito mais eficiente e trazer maiores resultados para o seu negócio, o custo da contabilidade digital é, após a adaptação, menor  em relação a contabilidade convencional.


Aproveite as vantagens da contabilidade digital! Nós da Líder Serviços Contábeis já prestamos esse tipo de serviço para empresas.

Ficou interessado? Entre em contato conosco, e confira os nosso planos.

#LíderSC

#ContabilidadeDigital

Leia mais...

Confira o que aconteceu de melhor na LíderSC Conference 2018


por Líder Serviços Contábeis em 18/09/2018

No dia 08/08/2018 aconteceu a 2ª LíderSC Conference no auditório do Sescon GF, com o objetivo de trazer novidades do mundo dos negócios e alterações recentes da legislação.

Ainda, lançamos a campanha #ContabilidadeDigital, com o objetivo de trazer velocidade na geração de informações financeiras e gerenciais, permitindo aos nossos clientes tomarem decisões com maior agilidade e exatidão.

Foi apresentado também o cruzamento de informações realizado pelos órgãos da administração pública, assim como o Sistema Público de Escrituração Digital (SPED), um sistema criado para o recebimento de informações fiscais e contábeis das empresas, uma plataforma para envio das obrigações acessórias para o fisco de acordo com o regime de tributação de cada empresa. É importante saber que as informações devem ser prestadas de forma correta a fim de evitar conflitos entre os documentos gerados e os informados, e as consequências pelo não envio ou envio incorreto.

Nossos clientes também receberam dicas para organizar a parte trabalhista e previdenciária da empresa a fim de que esteja preparada para o E-Social. Esse novo membro da família SPED, não será apenas uma declaração, mas um único banco de dados com as informações trabalhistas e previdenciárias de toda a empresa. Será imprescindível estar atento a prazos e informações, pois com o E-Social a fiscalização será mais rápida podendo gerar passivos trabalhistas.

É muito importante estar atento às mudanças e adaptar seu negócio a essas novidades que irão oferecer mais facilidade no dia-a-dia da sua empresa alavancando ainda mais seus resultados.

 

Conte com nossa equipe e conheça mais sobre a campanha #ContabilidadeDigital.

 

Leia mais...

O E-Social está “batendo à porta”. E agora?


por Líder Serviços Contábeis em 25/07/2018

*Por Julen do Amaral

 

A legislação trabalhista tem passado por muitas alterações. Desde 11/11/2017, as empresas brasileiras têm vivido a Reforma Trabalhista e suas implicações. Algumas, desde janeiro deste ano, já estão utilizando o E-Social nas suas obrigações trabalhistas e previdenciárias e, a partir de do mês de julho, outro grupo de empresas deverá começar a tê-lo em sua rotina. Mas, o que muda?

 

O E-Social não virá para mudar legislação, mas sim fazer com que a atual legislação seja cumprida. Para os empregados será uma forma de garantia dos seus direitos. Para o governo, significará maior poder de fiscalização e, por fim, para as empresas, significará uma maior simplificação de processos e maior segurança (por mais que em um primeiro momento essa mudança possa dar trabalho). Para essas mudanças ocorrerem da melhor maneira possível, será necessário mudar a cultura interna da empresa, pois o E-Social não permitirá práticas corriqueiras que ferem a legislação.

 

Com o E-Social, a fiscalização será mais rápida podendo gerar passivos trabalhistas. Então, o que pode ser feito para que isso seja evitado? Abaixo algumas dicas para preparar a sua empresa para essas mudanças:

 

1. Tenha controle de ponto! Atualmente, a legislação dispõe que para até 10 colaboradores não há a obrigatoriedade no controle de ponto, mas, mesmo que não a tenha, analise essa possibilidade. Grande parte das ações trabalhistas são decorrentes de pedidos de horas extras. É uma excelente ferramenta para ajudar nesse processo é o ponto eletrônico. Com o controle da jornada, a relação empregatícia ficará mais transparente. Por outro lado, se o ponto for manual, pegue sempre a assinatura do empregado, evite rasuras e oriente para que todos sempre marquem o horário realmente trabalhado.

 

2. Organização também ajuda na prevenção de possíveis passivos trabalhistas. Tenha um arquivo (impresso ou digital) impecável dos seus empregados. Com o E-Social será necessário manter atualizadas as informações cadastrais. Caso contrário, há passividade de multa. Por isso, se organize!

 

3. Periodicamente audite os processos. Reveja contratos de trabalhos, pontos, folhas de pagamento. Pegue assinatura em todos os recibos. Em uma ação trabalhista, um documento não apresentado pode ser o fator decisivo. A própria CLT, em seu artigo 464, assegura o comprovante de depósito como recibo. Identifique a área da empresa em que mais pode haver probabilidade de falhas. Um trabalho preventivo vai ajudar a evitar futuras surpresas.

 

4. Se no sindicato em que a sua empresa se enquadra não há convenção coletiva, faça o acordo coletivo! Com a Reforma Trabalhista muitas alterações só podem ser efetuadas com a autorização do sindicato.

 

5. Invista em uma assessoria especializada. Hoje, muitos empregados sabem mais dos seus direitos do que as próprias empresas. Por isso, é importante ter uma assessoria que seja sua parceira e trabalhe junto para que essa relação “empregado e empresa” flua da melhor maneira possível.

 

Com todas essas alterações da legislação e imposições dos órgãos públicos, faz-se necessário avaliar todos os processos que envolvam a administração de pessoal e correr atrás da mudança para a adequação, evitando possíveis surpresas que afetem o financeiro da empresa.

 

 

 

*Julen do Amaral, Pós Graduanda em MBA em Legislação Trabalhista e Direito Previdenciário, Pós Graduada em MBA em Gerência Contábil, Graduada em Ciências Contábeis, experiência de mais de 17 anos na área de Departamento Pessoal. Atualmente atua como Gerente de RH na Líder Serviços Contábeis.

Leia mais...